Pular para o conteúdo principal

Revisão de dissertação

Revisão de dissertação, projeto ou artigo

A revisão de texto é a última fase do processo de redação, concentrando-se em erros de superfície, por exemplo, grafia ou acentuação incorretas e confusões linguística e lapsos de toda ordem; mas a revisão final do texto também atentará para questões mais complexas, como a coerência textual e a legibilidade. Você precisa contratar um revisor profissional após ter concluído a maioria de suas próprias correções e reescritas. A revisão de textos é imperativa para a dissertação, já que qualquer texto, antes de vir a seu público – quer seja um artigo acadêmico, livro, relatório, projeto – deve transmitir sua mensagem da forma mais clara possível. Para o texto ser claro, não deve haver nenhum problema linguístico, estrutural, erros de digitação ou irregularidade no registro formal do dialeto culto, necessário ao texto científico; erros, desvios e lacunas podem prejudicar o resultado do trabalho escrito e a credibilidade do escritor.
Projetos, artigos e dissertações
devem ser revisados por quem
tenha experiência e proficiência.
Revisão e formatação são procedimentos distintos, ainda que ambos se destinem à adequação do trabalho a normas gráficas e linguísticas inerentes aos textos científicos longos, como é o caso da dissertação. A revisão e a formatação profissionais agregarão qualidade ao texto e à apresentação do trabalho, favorecendo a conquista da empatia do leitor e ampliando a credibilidade do autor.
Para o texto ser claro, não deve haver nenhuma falha, de nenhuma natureza, os eventuais erros constituirão ruídos – interferências indesejadas na comunicação – e podem minar o impacto do trabalho elaborado e a credibilidade do autor. A revisão do texto, feita por um profissional experiente, contribui substancialmente para a qualidade de uma dissertação. A revisão de dissertações ou teses é o foco dos serviços prestados pela Keimelion desde o final do século passado. Fazemos também a formatação normatizada segundo a norma que o autor indicar: ABNT, Vancouver e APA são as principais, mas quase sempre há instruções específicas de cada programa de pós-graduação a que estaremos igualmente atentos, uma vez elas nos sejam fornecidas. Os serviços profissionais de revisão e formatação prestados pela Keimelion já ajudaram, em muitos aspectos, mestres, doutores e pós-doutores a progredir em sua carreira. Nossos revisores compreendem a pesquisa acadêmica, o processo de redação da dissertação e as razões pelas quais as bancas recebem bem ou rejeitam trabalhos que lhes são submetidos sem os devidos cuidados. Não se preocupe além do necessário com o texto de sua dissertação. Nosso revisor de textos está sempre pronto para trabalhar com você. Se você escolher nossos serviços de revisão e formatação, você receberá diariamente um “estado da arte”, um documento apresentando a evolução do trabalho, a partir do qual você poderá acompanhar o serviço e orientar continuamente sobre as alternativas que mais lhe convierem, ou sobre as dúvidas eventualmente decorrentes de alguma ambiguidade ou obscuridade no texto. Nós propomos sempre prazos reais, com os quais nos comprometemos rigorosamente. Nosso serviço não será, certamente, o mais barato que se pode encontrar, mas é o que proporciona mais tranquilidade e resultados de completa satisfação dos clientes.

Projeto de dissertação

O projeto de dissertação é um texto inicial básico para o ingresso em um curso de mestrado; mesmo que ele evolua bastante, como proposta, durante a obtenção dos créditos em disciplinas, é necessário que o projeto tenha, desde o concurso para ingresso na pós-graduação, credibilidade que projete uma boa imagem de seu autor. Sua proposta deve ser notável pala qualidade da investigação proposta – e não pelas falhas linguísticas e formais que apresente. O serviço de revisão e formatação de textos da Keimelion vai ajudá-lo a apresentar um projeto limpo, organizado, coerente e legível. Projetos de dissertação assemelham-se apresentações formais do candidato a pesquisador. Você vai ser entrevistado sobre o conteúdo de seu projeto, e não será bom que lhe apresentem ou questionem falhas linguísticas no documento; pior, será terrível perder pontos para a concorrência por erros que o revisor facilmente detectaria.
O projeto de dissertação vai evoluir como proposta de trabalho, incluindo a extensão geral do seu empreendimento, suas hipóteses de pesquisa, a metodologia geral de seu estudo. Sua proposta de dissertação vai incorporar os pontos e os alvos de sua pesquisa e os conhecimentos adquiridos ao longo do curso de mestrado. A estrutura de seu projeto de dissertação vai depender de suas necessidades e do curso em particular. Quase todos cursos requerem um projeto de dissertação amadurecido, em geral, a ser aperfeiçoado a partir do projeto inicial durante ou logo após alguma disciplina de metodologia que subsidie a evolução do texto. Também essa versão é passível de revisão e de formatação profissionais, conforme a ela venha a ser atribuída nota e, eventualmente, alguma bolsa de pesquisa.

Artigos para publicação

A maioria dos artigos escritos durante o curso de mestrado são compostos à luz de uma pergunta dentre as que a dissertação procurará responder ou provocam outras questões que o investigador ainda não respondeu. Um ponto de destaque, entre as partes mais críticas de redigir um artigo científico, é garantir que o texto seja absolutamente impecável, completamente claro e objetivo. Aqui, novamente, o revisor de textos é convocado a colaborar.
Escrever que um bom artigo significa que ele deve ter certa estrutura formal e se desenvolver com fluência textual. Para alcançar esse objetivo, é necessário haver uma questão de fundo, escolher seus argumentos e dados sabiamente, dividir os argumentos em seções e amarrar as coisas com perfeição, é necessário que o texto seja agradável com conclusão que resuma os argumentos, analise sumariamente os dados e apresente resultados. Deve haver um fluxo correto de um parágrafo para o outro. Seu artigo será revisado e formatado na Keimelion de modo a que não haja obstáculos formais ou linguísticos para que ele seja aceito pela publicação a que se destine.
Seu artigo, assim como a dissertação, podem ser feitos em forma de estudo de caso, o que obriga você a explorar um assunto de negócios, um evento, ou um episódio, o obriga a analisar e propor o melhor arranjo explicativo utilizando suporte factual para confirmação das hipóteses. O estudo de caso deve incorporar um conjunto dados com lugar no tema específico, um exame das questões demonstrando problemas ou procedimentos bem-sucedidos. Um estudo de caso pode concentrar-se em determinado lugar, um comércio, um empreendimento particular ou programa, até mesmo um indivíduo.
Nunca se esqueça que você vai ser julgado pela qualidade de seu trabalho, a avaliação incorpora seu trabalho científico e a qualidade do texto apresentado! Para garantir a superioridade de seu trabalho, contrate um revisor de textos – não há alternativa. Pela própria natureza humana, assim como pelas próprias características de um texto de tamanho médio o longo, haverá nele falhas que o autor não verá: faz-se necessária a interferência do leitor qualificado, de alguém que não participou do processo de redação e cuja proficiência linguística supere a maioria das barreiras textuais que se apresentem. O revisor de textos experiente em artigos, dissertações e textos científicos poderá valorizar qualquer produção textual dos cientistas. Esse é o trabalho que fazemos na Keimelion!

Postagens mais visitadas deste blog

Tabela de preços de revisão de tese ou dissertação

Cálculo dos preços para revisão e formatação de textos acadêmicos. Tema espinhoso para o revisor e para os autores: taxas, preços, pagar por lauda, remuneração justa… Infelizmente, não existe preço padrão – como não existe serviço estandardizado, há excelentes revisores de textos na praça, e outros não tão bons; mas existem tendências que podem tornar-se prática e sobre as quais vamos comentar.
Assim como como em serviços de tradução, geralmente, o preço da revisão é calculado por lauda. Para alguns, este termo – lauda – indica um texto de 1200 a 2200 caracteres, como muitos editores, revisores, tradutores e agentes literários, nós entendemos por lauda um texto de 1500 caractere com espaços. Esse não é um número mágico, apenas é o que corresponde, aproximadamente, à página A4, com texto em corpo 12 e espaço 1,5. Assim, nossa lauda quase corresponde ao número de páginas do trabalho acadêmico usual. Mas muitos fatores interferem: quantidade de imagens, notas de rodapé, por exemplo. Com…

Elementos gráficos nas teses e dissertações: ilustrações, fotografias, desenhos, tabelas, diagramas

As ilustrações que acompanham as teses ou dissertações devem estar seguidas de legenda, e deverão ser indexadas, ou lançadas em lista geral de ilustrações, como melhor convier. O revisor atentará aos textos das legendas e aos intertextos em que o elemento gráfico implicar. O formatador procurará a melhor situação espacial para os elementos na página, segundo as restrições que as normas impuserem.
Dependendo do número delas e dos seus tipos, a numeração pode ser por cada tipo (Foto 1, Foto 2... Tabela 1, Tabela 2...) e também pode a numeração fazer referência ao capítulo em que o elemento gráfico foi inserido (Foto 2-1, Foto 2-2...); as alternativas ficam abertas à adequação de cada caso.
Várias são as possibilidades atuais de introdução de ilustrações no texto. A disposição das ilustrações pode se subordinar à sua natureza, ao texto ou à exigência de destino do trabalho, com amplas possibilidades.
Os cuidados a serem tomados se referem ao excesso – cabe ponderar sobre a necessidade da il…

Referências pela ABNT para Word

O Word faz para você o controle e a formatação das citações, por qualquer norma, inclusive as da ABNT. Aprenda a usar a ferramenta e simplifique sua vida na hora de fazer sua tese ou mesmo para um artigo a ser publicado. As pessoas que redigem teses e dissertações ainda não sabem usar o Word. Pouco fazem com o programa, além do que fariam com uma máquina de escrever; assim, uma das tarefas mais penosas da redação acadêmica, o controle das citações e das referências, é feito - insistentemente - sem o uso das ferramentas do Office que facilitam esses serviços. Uma importante Ferramenta do Microsoft Word é o seu Gerenciador de Fontes Bibliográficas. Para quem está escrevendo um trabalho acadêmico - uma tese, dissertação, artigo científico - ou qualquer outro texto que requeira citações normatizadas, é importante cadastrar as referências do trabalho para depois gerar a listagem dos documentos consultados na pesquisa. Sim, vou ser bem claro: o Word faz as referenciações das citações (dire…

Estrutura da tese de doutorado - ou da dissertação de mestrado

A estrutura sugerida de tese pode ser observada em outra tese; quem faz um doutorado há de ter lido várias teses e visto como deve ser, mas aqui se faz a abstração dessa estrutura. Trata-se de um modelo idealizado. Os elementos sugeridos abaixo são adequados para uma tese experimental ou teórica. Em alguns casos, um ou dois deles podem não ser aplicáveis. Verifique o que é adequado a seu caso. Claro que tudo isso serve também para a dissertação, mas em ponto menor.
Estas sugestões aqui são muito importantes: Faça uma lista para pontos do que serão alocados em cada capítulo. Tente fazer essa lista bastante detalhada, coloque pontos que correspondam às seções ou parágrafos da tese em redação. Não precisa colocar todos os pontos de primeira, a lista vai crescendo – à medida em que as ideias surgem – e diminuindo – quando os pontos listados, alcançados, forem sendo cortados. Nessa fase, pode ser difícil pensar a lógica de apresentação dentro dos capítulos, muitas vezes é possível apresen…

Referências no texto acadêmico

Antigamente, colocava-se ao fim de cada trabalho escrito uma bibliografia. Com advento de novas mídias, passou-se a usar o termo referências bibliográficas para a listagem de obras consultadas. Atualmente, a recomendação é usar apenas a expressão referências, pois elas pode ir bem além das obras livrescas. Mas ainda se deve se distinguir o que normalmente se confunde: Referências são o conjunto de indicações que possibilitam a identificação de documentos, publicações, no todo ou em parte. Referência: “‘Nota informativa de remissão’ (em publicação); ‘fonte de esclarecimento’ (para o leitor)” (AURÉLIO). Bibliografia é o conjunto de obras (livros) pesquisadas a que o leitor pode recorrer para aprofundamento sobre o assunto do trabalho. “Documento que apresenta lista de referências bibliográficas, usadas em ordem alfabética, relativas a um ou mais assuntos. Parte de uma obra na qual se listam as referências bibliográficas de obras recomendadas para leitura complementar” (AURÉLIO). Em geral…