Referências sobre revisão de textos

As lista de referências são sempre incompletas e crescentes. Essa é mais uma que tem as duas características. Fica como subsídio aos que se interessam por esta campo de pesquisa, estudo e trabalho.

ANDRASICK, Kathleen, D. Independent repatterning: Developing self-editing competence. English Journal, v. 82, n. 2, p. 28-31, 1993.
ARAÚJO, Emanuel. A construção do livro: princípios da técnica de editoração. 2. ed. Rio de Janeiro: Lexikon Editora Digital, 2008.
Artigo científico precisa de revisor profissional.
Há muito o que saber sobre
revisão de textos.
ARROJO, Rosemary. A relação exemplar entre autor e revisor (e outros trabalhadores textuais semelhantes) e o mito de Babel: alguns comentários sobre História do Cerco de Lisboa, de José Saramago. D.E.L.T.A. v. 19, n. Especial, 2003.
ATHAYDE, Públio. Revisão de textos: teoria e prática. Belo Horizonte: Keimelion, 2012.
BARROS, Laan Mendes de. Os meios ou as mediações? Um exercício dialético na delimitação do objeto de estudo. In: Líbero, São Paulo, v. 12, n. 23, p. 85-94, jun. 2009.
BOCCHINI, Maria Otilia; YAMAZAKI, Cristina. A edição estrutural em hipertexto entre os estudos e os manuais. In: Hipertexto, III ENCONTRO NACIONAL SOBRE HIPERTEXTO, CEFET-MG, Belo Horizonte, 2009. Disponível em: http://www.ufpe.br/nehte/hipertexto2009/anais/a/a_edicao_estrutural_em_hipertexto.pdf. Acesso em: out. 2013.
BRAGANÇA, Aníbal. Sobre o editor: notas para sua história. In: Em questão, Porto Alegre, v. 11, n. 12, p. 219-237, jul/dez. 2005. Disponível em: <http://seer.ufrgs.br/EmQuestao/article/view/119>
BUENO, Silvia Senz. ‘En lugar de la Mancha’... Procesos de control de calidad del texto, libros de estilo y políticas editoriales. Panace@. v. VI, n. 21-22, set.-dez. 2005.
CÁLIS, Orasir Guilherme Teche. A reescrita como correção: sobras, ausências e inadequações na visão de formandos em Letras. Dissertação (Mestrado), Universidade de São Paulo. São Paulo, 2008.
CHARTIER, Roger. (Org). Práticas de leituras. Trad. Cristiane Nascimento. 5. ed. São Paulo: Estação Liberdade, 2011.
CHARTIER, Roger. A aventura do livro do leitor ao navegador. Trad. Reginaldo Carmello Corrêa de Moraes. São Paulo: Editora Unesp, 2009, 160 p.
CHARTIER, Roger. A mediação editorial. In: Os desafios da escrita. Trad. Fulvia M. L. Moretto. São Paulo: Editora Unesp, 2002, p. 61-76. Disponível em: <http://pt.scribd.com/doc/6936790/Roger-Chartier-Os-Desafios-da-Escrita>.
CHARTIER, Roger. A ordem dos livros: leitores, autores e bibliotecas na Europa entre os séculos XIV e XVIII. Trad. Mary Del Priori. 2. ed. Brasília: Editora da Universidade de Brasília, 1999.
CHARTIER, Roger. Os desafios da escrita. Trad. Fulvia M. L. Moretto. São Paulo: Editora Unesp, 2002, 143 p.
COELHO NETO, Aristides. Além da Revisão. São Paulo: SENAC, 2008.
COSTA, Roger Vinícius; RODRIGUES, Daniella Lopes; PENA, Daniela Paula. Dificuldades no trabalho do revisor de textos: possíveis contribuições da linguística. In: Revista Philologus, ano 17, n. 51, set./dez. 2011 – Suplemento. Rio de Janeiro: CiFEFiL, 2011, p. 74. Disponível em: <http://www.filologia.org.br/revista/51supl/05.pdf>.
CTDE. Câmara Técnica de Documentos Eletrônicos. Conarq – Conselho nacional de arquivos. Disponível em: . Acesso em: ago. 2013.
DAIUTE, Colette. Physical and cognitive factors in revising: Insights from studies with computers. Research in the Teaching of English, v. 20, n. 2, p. 141-159, 1986.
DARNTON, Robert. A questão dos livros: passado, presente e futuro. Trad. Daniel Pellizzari. São Paulo: Companhia das Letras, 2010.
DARNTON, Robert. O livro está mais vivo do que nunca. Historiador Robert Darnton fala sobre o futuro do livro na era digital. In: Roda Viva, São Paulo, 25 set. 2012. Entrevista concedida a Beatriz Kushnir, Paulo Werneck, Lilia Schwarcz e Cassiano Elek Machado. Disponível em <http://www.youtube.com/watch?v=MKOxc6x3yeU>.
DE CERTEAU, Michel. Ler: uma operação de caça. Trad. Ephraim Alves. In: A invenção do cotidiano: artes de fazer. v. 1. 10 ed. Petrópolis: Vozes, 2004, p. 259-273. Original francês de 1990.
FISCHER, Steven Roger. História da escrita. Trad. Mirna Pinsky. São Paulo: Editora da Unesp, 2009.
FISCHER, Steven Roger. História da leitura. Trad. Claudia Freire. São Paulo: Editora da Unesp, 2006.
FRANÇA, Júnia Lessa; VASCONCELLOS, Ana Cristina de. Manual para normalização de publicações técnico-científicas. Colaboração: Maria Helena de Andrade Magalhães e Stella Maris Borges. 8. ed. rev. ampl., 1. reimpr. Belo Horizonte:  UFMG, 2008.
GEHRKE, Nara Augustin. Na leitura, a gênese da reconstrução de um texto. Letras de Hoje, v. 28, n. 4, p. 115-154, 1993.
HAWISHER, Gail E. The effects of word processing on the revision strategies of college students. Paper presented at the Annual Meeting of the American Educational Research Association (San Francisco), 1986. (ERIC Document Reproduction Service No.ED 268 546)
HEURLEY, Laurent. La revisión de texte: l’approche de la psychologie cognitive. In: Langages, Paris, n. 164, p. 10-25, 2006. Disponível em: <http://www.vcharite.univ-mrs.fr/redactologie/IMG/pdf/Heurley_Revision.pdf>.
HUNTER, Sylvia. Why copy editors matter. Journal of Scholarly Publishing. out. 2004.
IRBY, Janet R. How does a story grow?: Revision as collaboration. Quill and Scroll, v. 69, kn. 3, p. 7-9, 1995.
JESUS, P. S. de. Livros sonoros: audiolivro, audiobook e livro falado. Disponível em: . Acesso em: ago.2013.
KURTH, Ruth J. Using word processing to enhance revision strategies during student composing. Paper presented at the Annual Meeting of the American Educational Research Association (San Francisco), 1986. (ERIC Document Reproduction Service No.ED 277 049)
LAJOLO, Marisa; ZILBERMAN, Regina. A formação da leitura no Brasil. v. 58. São Paulo: Ática, 1996.
LEFFA, Vilson J. O processo de auto-revisão na produção do texto em língua estrangeira. Trabalho apresentado no XI Encontro Nacional da ANPOLL, João Pessoa, 2 a 6 de junho de 1996.
LEHR, Fran. Revision in the writing process. (ERIC Document Reproduction Service No. ED ED379 664)
LEVESQUE, France. Réviseur: un métier, deux pratiques. Rédiger. n. 2, 1998.
MacDONALD, Susan. Becoming editors. English Quarterly, v. 25, n. 1, p. 14-18, 1993
MAINGUENEAU, Dominique. A noção de autor em análise do discurso. In: Doze conceitos em análise do discurso. Trad. Sírio Possenti e Maria Cecília Perez de Souza-e-Silva. São Paulo: Parábola, 2010, p. 25-47.
MARTINS FILHO, Plínio. O bom revisor de textos. Em: RIBEIRO, Ana Elisa; COSCARELLI, Carla Viana (org.). Conversas com editores. Belo Horizonte: UFMG, 2007. (Cadernos Viva Voz)
MUNIZ JR., José de Souza. A intervenção textual como atividade discursiva: considerações sobre o laço social da linguagem no trabalho de edição, preparação e revisão de textos. In: Intercom – Sociedade Brasileira de Estudos Interdisciplinares da Comunicação. Curitiba, PR – 4 a 7 de setembro de 2009. dISPONÍVEL EM <http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2009/resumos/R4-1079-1.pdf>.
MUNIZ JR., José de Souza. O trabalho com o texto na produção de livros: os conflitos da atividade na perspectiva ergodialógica. São Paulo, 2010. Dissertação (Mestrado em Ciências da comunicação). Escola de Comunicações e Artes, Universidade de São Paulo.
MUNIZ JR., José de Souza. Revisor, um maldito: questões para o trabalho e para a pesquisa. In: RIBEIRO, Ana Elisa; VILLELA, Ana Maria Nápoles; SOBRINHO, Jerônimo Coura; SILVA, Rogério Barbosa da (Org.). Leitura e escrita em movimento. São Paulo: Peirópolis, 2010. p. 269-290.
MUNIZ JR., José de Souza. Uma perspectiva ergodialógica sobre a atividade de editores, preparadores e revisores na produção de livros. Anais do Seminário Internacional de Texto, Enunciação e Discurso. Porto Alegre: PUCRS, 2011. p. 252-260.
MUNIZ JR., José de Souza; SALGADO, Luciana Salazar. Da interlocução editorial: a presença do outro na atividade dos profissionais do texto. Bakhtiniana: Revista de Estudos do Discurso, v. 1, n. 5, p. 87-102, 2011.
OLIVEIRA, Risoleide Rosa Freire de. O papel mediador do revisor de textos: dos aspectos discursivos aos aspectos notacionais. XXI Jornada Nacional de Estudos Linguísticos. João Pessoa: s. ed., 2006, p. 2483-2492.
OLIVEIRA, Risoleide Rosa Freire de. Práticas dialógicas na atividade de revisão textual: a relação entre revisor e autor. In: I Encontro de Pesquisa em Assu. Natal: Edufrn, 2009, p. 1-15.
OLIVEIRA, Risoleide Rosa Freire de. Revisão de textos: da prática à teoria. Natal: Edufrn, 2010.
OLIVEIRA, Risoleide Rosa Freire de. Revisão de textos: o ponto de vista de manuais. In: OLIVEIRA, Maria Bernadete Fernandes de; ALVES, Maria da Penha Casado; SILVA, Marluce Pereira da. Linguagem e práticas sociais: ensaios e pesquisas. Natal: Edufrn, 2008, p. 127-151.
OLIVEIRA, Risoleide Rosa Freire de. Um olhar dialógico sobre a atividade de revisão de textos escritos: entrelaçando dizeres e fazeres. Natal, 2007. 172 f. Tese (Doutorado em Estudos da Linguagem) – UFRN.
PASSOS, João Augusto de Oliveira; SANTOS, Maria Lino dos. Leituras, revisão textual e o revisor. In: Revista Anápolis Digital, n. 7, 2011. Disponível em: <http://www.anapolis.go.gov.br/revistaanapolisdigital/wp-content/uploads/2011/07/LEITURAS-REVISAO-TEXTUAL-E-O-REVISOR.pdf>.
PLUMB, Carolyn et al. Error correction in text: Testing the processing-deficit and knowledge-deficit hypotheses. Reading and Writing: An Interdisciplinary Journal; v. 6, n. 4, p. 347-60, 1994.
POSSENTI, Sírio. Aprender a escrever (re)escrevendo: linguagem e letramento em foco. Campinas: CEFIEL/Unicamp, 2005. Disponível em: <http://www.iel.unicamp.br/cefiel/imagens/cursos/12.pdf>.
POWERS, Rachel L. The editors' table: Best seat in the classroom. Perspectives in Education and Deafness, v. 13, n. 3, p. 20-21, 1995.
PROCÓPIO, Edinei. O livro na era digital: o mercado editorial e as mídias digitais. São Paulo: Giz Editorial, 2010. 230 p.
QUEIROZ, Sônia (Org). Editoração, arte e técnica. 2. ed. Belo Horizonte: FALE/UFMG, 2008. Disponível em: <http://www.letras.ufmg.br/vivavoz/data1/arquivos/editoracao2ed-site.pdf>. Acesso em: ago. 2013.
RIBEIRO, Ana Elisa.  O que é e o que não é um livro: suportes, gêneros e processos editoriais. In: Simpósio Internacional de Gêneros Textuais – SIGET, Natal: UFRN, n. IV, 2011. Disponível em <http://www.cchla.ufrn.br/visiget/pgs/pt/anais/Artigos/Ana%20Elisa%20Ribeiro%20%28CEFET-MG%29.pdf>.
RIBEIRO, Ana Elisa. Em busca do texto perfeito: (in)distinções entre as atividades do editor de texto e do revisor de provas na produção de livros. Anais do XII Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação da Região Sudeste, Juiz de Fora (MG). São Paulo: Intercom, 2007.
RIBEIRO, Ana Elisa. Recados ao revisor de textos: representações do profissional de texto nas crônicas de Eduardo Almeida Reis. Verso e Reverso. v. 22, 2008.
RIBEIRO, Ana Elisa; VILLELA, Ana Maria Nápoles; SOBRINHO, Jerônimo Coura; SILVA, Rogério Barbosa da. Leitura e escrita em movimento. Petrópolis: s. ed., 2010.
SALGADO, Luciana S. O autor e seu duplo nos ritos genéticos editoriais. Eutomia, n. 1 (525-546), 2008.
SALGADO, Luciana S. Ritos genéticos no mercado editorial: autoria e práticas de textualização. Tese (Doutorado), Universidade Estadual de Campinas. Campinas, 2007.
SALGADO, Luciana Salazar. Ritos genéticos editoriais: autoria e textualização. São Paulo: Annablume/Fapesp, 2011.
SALGADO, Luciana Salazar; MUNIZ Jr., José de Souza. Da interlocução editorial: a presença do outro na atividade dos profissionais do texto. In: Bakhtiniana, São Paulo, v. 1, n. 5, p. 87-102, 1º sem. 2011. Disponível em <http://revistas.pucsp.br/index.php/bakhtiniana/article/view/4498>.
SCRIPTA – Revista do programa de pós-graduação em letras e do centro de estudos luso-brasileiros da PUC Minas. Dossiê Revisão de Textos. Belo Horizonte: PUC-Minas, v. 14, n. 26, 1º sem. 2010. Disponível em <http://periodicos.pucminas.br/index.php/scripta/article/view/4356>.
SOARES, Magda. Novas práticas de leitura e escrita: letramento na cibercultura. In: Educ. Soc., Campinas, v. 23, n. 81, p. 143-160, dez. 2002. Disponível em: <http://www.cedes.unicamp.br>.
SOMMERS, Nancy. Revision strategies of student writers and experienced adult writers. Washington, DC: National Institute of Education, 1982. (ERIC Document Reproduction Service No.ED 220 839)
SOUZA-e-SILVA, Maria Cecília. Texto-Discurso: Qual a relação com a leitura? In: BRAIT, Beth; SOUZA-e-SILVA, Maria Cecília (orgs). Texto ou discurso? São Paulo: Contexto, 2012.
VAN DE POEL, Kris (org), Text editing: from a talent to a scientific discipline. Antwerp Papers in Linguistics n. 103, Antuérpia: Universiteit Antwerpen, 2003.
VIGNEAU, François et al. La révision de texte: une comparaison entre réviseurs débutants et expérimentés. Révue des sciences de l’éducation. vol. XXIII, n. 2, pp. 271–288, 1997.
VITA, Ercilene Maria de Souza. O sujeito, o outro e suas relações com o texto na revisão de textos escolares. Dissertação (Mestrado), Universidade de São Paulo. São Paulo, 2006.
YAMAZAKI, Cristina. Editor de texto: quem é e o que faz. In: Anais do XXX Congresso Brasileiro de Ciências da Comunicação, Santos: Intercom, n. 30, 2007. Disponível em: <http://www.intercom.org.br/papers/nacionais/2007/resumos/R1153-1.pdf>.
YAMAZAKI, Cristina. Por uma edição de livros sem preconceitos. Anais do XIII Colóquio Internacional de Comunicação para o Desenvolvimento Regional, Pelotas (RS). Intercom: São Paulo, 2008.
YODER, Sue Logsdon. Teaching Writing Revision: Attitudes and Copy Changes. Journalism Educator, v. 47, n. 4, p. 41-47, 1993.

São Paulo: +55 (11) 3042-2403 Rio de Janeiro: +55 (21) 3942-2403 Belo Horizonte: +55 (31) 3889-2425
Brasília: +55 (61) 4042-2403 Porto Alegre: +55 (51) 4042-3889 Skype: keimelion
Atendemos em horário comercial.
Para solicitar orçamento, envie o texto.
Não elaboramos trabalhos de graduação ou pós. Não insista.